Saiba Como Tirar as Manchas de Urina do seu Pet

tirar manchas urina pet

Quando temos um bichinho de estimação, sabemos que muitas vezes ele pode ser travesso e acabar fazendo as necessidades fisiológicas fora do local certo. As manchas de urina do pet dificilmente saem na primeira lavagem, e dependendo do tecido a marca não sai, e você terá de se desfazer do seu tapete, lençol ou móvel, por exemplo. Mas como para tudo há uma solução. Vamos dar algumas dicas infalíveis de como fazer uma limpeza eficaz.

Para manchas de urina recentes

O primeiro passo é absorver a sujeira. Utilize lenços umedecidos ou várias toalhas de papel para que o líquido seja absorvido rapidamente. De preferência, coloque algo pesado em cima do papel, isso auxiliará o processo de absorção, deixe por pelo menos dez minutos.

Posteriormente, umedeça uma toalha com água e coloque na área da mancha. Feito isso, você pode borrifar limpadores enzimáticos, eles são eficazes contra o mau odor. Além disso, dificilmente o animal fará a mesma coisa devido ao cheiro da substância que contém no limpador. Os limpadores enzimáticos estão disponíveis nos pet shops. Também é possível fazê-los com água, casca de laranja e açúcar mascavo.

Após encharcar o local manchado com o produto, coloque outra toalha para absorver o limpador até que o mesmo seja absorvido.

É importante que as toalhas utilizadas sejam jogadas fora depois, visto que pode haver concentração de bactérias e traços de mau odor.

Mais alternativas para eliminar as manchas de urina

Se o limpador não resolver e a mancha persistir, recomenda-se que se contrate um profissional especializado ou alugar um limpador a vapor para que a mancha seja retirada. Inicialmente pergunte se ele tem algum produto específico que remova essas marcas causadas pela marcação de território dos animais.

A limpeza profissional será necessária quando a urina do pet está muito concentrada, sendo assim, o odor forte pode piorar devido à concentração de bactérias.

Manchas de urina antigas

Pode ser que seu pet urine em alguns lugares escondidos, e você acabe nem percebendo. A partir do cheiro é possível descobrir onde elas estão. Olhe debaixo das estantes, dos móveis, das decorações de tecido, etc.

Tente limpar as manchas com detergente. Se o tecido afetado for lã, ela pode ser danificada por limpadores a vapor, então a orientação principal é que um especialista realize o trabalho.

Oxidar a mancha também é uma boa alternativa. Procure no mercado produtos que liberem oxigênio, eles poderão auxiliar na remoção de cheiros.

Misture cerca de 30 ml de água sanitária com 950 ml de água destilada. Faça um teste para ver se a cor do tecido não será modificada. Se tudo ocorrer bem, deixe a área manchada de molho por dez minutos.

Despeje um pouco de água fria sobre a área manchada e aspire-a imediatamente. Não deixe a água ser absorvida.

Você pode usar bicarbonato de sódio com vinagre também. Com a ajuda de um borrifador, espirre vinagre no local e depois coloque bicarbonato de sódio até que a mancha seja coberta. Depois coloque uma toalha durante 24 horas, posteriormente lave a área com água fria.

Dicas importantes

Alguns pets não gostam de cheiro de vinagre, mesmo que ele seque. Você pode colocar algumas gotas no local para que ele não urine ali novamente.

Produtos de limpeza caseiros não vão retirar as manchas por completo, procure um limpador enzimático para concluir essa tarefa.

Compre um repelente, se seu pet continua urinando no mesmo local, você pode utilizar esse produto para mantê-lo afastado dos móveis e carpetes.

Com essas dicas você encontrará mais facilidade na hora de remover as manchas nas áreas que já estão marcadas. Independente de qual seja a solução, uma das coisas mais importantes é fazer com que o pet te obedeça e aprenda a fazer suas necessidades no lugar certo.

Para que isso aconteça, começar o processo de adestramento desde cedo é fundamental. Assim, desde filhote, o bichinho aprenderá que para fazer suas necessidades fisiológicas ele terá que ir em um local determinado pelo seu dono (seja num tapete higiênico ou caixinha de areia).

O importante mesmo é que a relação entre vocês seja sadia, e que não haja estresse no cotidiano de ambos. Confira aqui algumas dicas de adestramento e comece a exercitar seu pet o mais rápido possível.

Cachorro sossega com o passar dos anos?

cachorro sossega passar anos

Não existe uma resposta certa para esta pergunta. A personalidade dos animais varia muito, mas ter conhecimento sobre as fases da vida do seu pet ou até mesmo algumas dicas para acalmá-lo pode ajudar muito a diminuir a agitação dele.

A vida de um cachorro pode se dividir em 11 fases e vale a pena conhecer um pouco sobre algumas delas:

O período neonatal começa no nascimento e vai até os 12 anos de vida. Neste momento, o animal é muito dependente da mãe, inclusive para manter sua temperatura em equilíbrio. Ele não enxerga e nem ouve.

Entre os 21 e 28 anos de vida, inicia-se o período de reconhecimento. É quando ele começa a usar todos seus cinco sentidos. Ele precisa estar em contato com sua mãe e seus irmãos, se houver. Além disso, o ambiente precisa ser calmo.

Até os 50 dias de vida, o bichinho vai aprendendo como é de fato ser um cachorro e socializando com outros cachorros. Como assim? É a época que ele aprende a ter uma percepção da sua higiene e como ser disciplinado por outros cães.

Já na sétima semana de vida até a décima segunda, o filhote já pode ir se inserindo mais no convívio com humanos e é importante mostrar para ele o mundo à sua volta: pessoas, objetos, sons. O chamado impriting canino é o momento de transformação psicológica e social do animal, quando ele aprende comportamentos e aprende a se comunicar.

Tudo aprendido nessa fase é permanente, ou seja, é essencial que ele tenha um certo treinamento que molde sua personalidade da melhor maneira. Muito cuidado também na hora de educá-lo, porque entre a 8° e 11° semana, qualquer experiência traumática pode ter um impacto muito grande, pode-se dizer que é uma época mais sensível que as outras.

Cães agitados se aproveitam do período de rebeldia que começa na 13° e dura três semanas. É interessante que treinamentos baseados na obediência façam parte desse momento. O seu pet vai ficando cada dia mais esperto e pode começar a fingir que não te ouve mais, “a surdez seletiva” faz parte dos 4 aos 8 meses do cão e exige que os donos tenham paciência e reajam a esses comportamentos.

Passado um ano, o cachorro já não é mais um filhote, a sua maturidade se inicia e as raças menores têm a tendência de amadurecer antes. Nesse momento, a agressividade canina pode aumentar, consequentemente, a retomada de um adestramento baseado na obediência se torna bem relevante.

Agora que você já entende um pouco mais sobre a vida do seu cão, veja algumas dicas para acalmar aquele seu pet agitadinho.

Primeiro, vamos pensar que existem três razões principais para seu cão não sossegar nunca: a predisposição da raça. Sim, algumas raças são mais agitadas que outras. O tédio, pode ser que a falta de atividades e distrações estejam fazendo seu cão não parar quieto ou a ansiedade, se ele não se acostumou a ficar sozinho, a falta de companhia pode gerar ansiedade e por consequência, agitação.

Vamos as dicas então:

  1. Aprender a relaxar 

Os cães aprendem que um agrado em forma de recompensa pode acontecer sempre que ele repetir certo comportamento. Ou seja, se ele entender que quando ele estiver calmo, ele pode ganhar algo em troca, isso pode ajudá-lo a relaxar. 

  1. Brincadeiras são sempre bem-vindas 

Se você quer gastar a energia do seu bichinho, nada melhor do que se divertir e deixa-lo feliz brincando. É simples e você pode contar com sua criatividade para deixar tudo mais divertido.

  1. Outros tipos de brinquedos

Os brinquedos inteligentes são uma maneira muito legal de fazer o cachorro gastar energia e ainda testar e aprimorar seu raciocínio. 

  1. Esportes caninos

Sabia que existem esportes caninos? Sim, um deles é um treinamento com obstáculos, chamado de agility. É um jeito de gastar bastante energia.

  1. Contrate um profissional 

Se o seu problema é não ter tempo para passear com seu pet, uma ideia é tentar reservar um dinheiro e contratar uma espécie de babá de cachorro para cuidar dele durante a semana e leva-lo para passear. Existem diversos sites e aplicativos especializados nisso. Vale a pena procurar um.

Retomando a pergunta do título, manter o seu cão mais calmo pode não ser um segredo tão difícil assim se você estiver disposto a conhecer a personalidade dele e souber como lidar com isso.

Quer mais dicas para cuidar do seu pet? Continue acompanhando nosso blog!