Como criar um app do zero

como criar um app

Você teve uma ideia sensacional para um novo app, mas não sabe por onde começar? Temos uma boa notícia para você: se quiser levá-la adiante, você não precisa ser um desenvolvedor ou contratar um.

Vamos te mostrar que com um pouco de paciência, dedicação e um bom pacote de internet, qualquer pessoa pode ver o seu aplicativo rodando por aí. Saiba agora mesmo como criar um app do zero e, quem sabe, transformar a sua ideia em um excelente negócio.

É possível criar um app do zero sem saber programar? 

Sim! E isso é possível utilizando o Universo.mobi, que funciona como uma “fábrica de aplicativos”. A ferramenta, desenvolvida por desenvolvedores brasileiros, permite que pessoas sem conhecimento de programação e design possam criar seu app de forma simples e gratuita por meio da combinação de recursos disponibilizados.

Disponível e português, inglês e espanhol, o Universo.mobi é utilizado diariamente para criar cerca de 100 novos apps, sendo alguns deles bastante famosos, como Querida Ansiedade que recebe mais de dois milhões de acessos por mês.

Quais são as etapas para criar um app?

Se você quer saber como criar um app do zero, utilizando o Universo.mobi ou com a ajuda de um desenvolvedor, você precisará seguir essas etapas. Acompanhe! 

Defina seu objetivo

O que o se aplicativo irá fazer? Para quais pessoas ele é destinado? E principalmente, como ele irá resolver o problema das pessoas ou facilitar o seu dia a dia? Essas questões são o ponto de partida para a sua criação. Tudo o que for feito a partir desse momento deve buscar esse objetivo.

E não esqueça que a originalidade é um fator importante no momento de criar um app, afinal, só na Play Store existem cerca de 4 milhões de aplicações disponíveis para download.

Público-alvo

Como um aplicativo é voltado para solucionar o problema das pessoas, você deve reunir o máximo de informações sobre elas como, por exemplo, gênero, idade, estado civil, interesses hábitos, se possuem filhos ou não, área em que trabalha, qual transporte mais utiliza. Você deve pensar em tudo o que fizer sentido com a sua criação para definir o público-alvo. Será a partir dele que as próximas etapas serão executadas.

Análise da concorrência

Nessa etapa você deverá buscar outros aplicativos que já oferecem um serviço ou recursos semelhantes aos que você está propondo. Identifique também quais são voltados para o mesmo público-alvo que o seu e faça uma listagem.

Em seguida, faça uma pesquisa e analise todos os seus possíveis concorrentes. Esse momento será fundamental para que você construa a melhor experiência para os seus usuários. Observando todos os pontos fracos e fortes de cada um, você reduz a chance de cometer os mesmos erros que eles.

Esboço

É o momento de reunir tudo o que seu app terá e também de desenhar um esboço. Geralmente, é mais fácil fazer essa etapa no papel mesmo, mas fica a seu critério. Vale incluir imagens, ilustrações, textos e apontar todas as funções que ele terá.

Também é o momento de decidir como será a monetização do app. Ele terá anúncios? Será gratuito? Terá também uma versão paga? Será possível realizar compras dentro da plataforma? 

Storyboard e Wireframes 

Nesse momento seu app começa a ganhar forma. Com o Wireframe você terá um esboço de como será cada uma das telas do seu app e qual funcionalidade terão. Algumas ferramentas gratuitas que podem ajudar são: FrameBox, MockFlow e PenciProject.

Já o storyboard diz respeito a maneira que essas páginas irão se comunicar entre si, ou como será o fluxo entre as telas. 

Teste

Peça para algumas pessoas, podem ser da família, amigos ou conhecidos (se fizerem parte do seu público-alvo, é melhor) utilizarem o aplicativo na sua frente e dizerem, com sinceridade, o que acharam. Isso lhe renderá insights do que pode ser melhorado ou modificado.

Agora que você já sabe como criar um app, é hora de começar o seu desenvolvimento.

Back End

Nessa etapa são definidas a base de dados, os servidores, API’s e quais serão soluções de armazenamento do app. Nada disso ficará visível aos usuários, mas tudo é fundamental para que o aplicativo possa rodar sem apresentar nenhum problema.

Não esqueça de incluir as alterações levantadas na fase de testes antes de seguir para o próximo passo. 

Construção

Agora que os desenhos estão prontos e o protótipo já foi testado, você está bem próximo do produto final. Chegou a hora de subir tudo o que foi definido na fase de Back End para a rede.

Também é nesse momento que você deverá criar uma conta de desenvolvedor nas lojas virtuais. Ela é fundamental para que você possa publicar seu app lá e a aprovação pode levar alguns dias. Por isso, não deixe essa etapa para a última hora.

Design final 

Mais do que esteticamente agradável, seu app precisa ser agradável e intuitivo aos usuários. Por isso, se você não tem um bom conhecimento de design, recomendamos que contrate um profissional experiente para garantir que o resultado será o melhor possível.

Publicação

Após concluir o design final, você deverá testar novamente o app e identificar todas as possíveis falhas que ele apresentar. Pois, nada é mais frustrante do que um aplicativo que não cumpre o que promete, certo? Assim, os testes são fundamentais para garantir o sucesso do seu projeto. 

Faça todos os ajustes necessários e agora sim! Se você seguiu todos os passos e aprendeu como criar um app, está na hora do lançamento. Recomendamos a você disponibilizá-lo nas principais lojas virtuais de aplicativos, como a Apple Store e o Google Play. Cada uma possui diferentes políticas para a inclusão de novos aplicativos.

Esperamos que nosso post sobre como criar um app tenha lhe ajudado a inspirar-se para colocar o seu plano em prática. Acompanhe o blog Compara Plano para ver mais tutoriais como esse e outros conteúdo com novidades sobre tecnologia, internet e telefonia. Até a próxima! 

Leave a Reply

Your email address will not be published.