Saiba Mais Sobre A Reforma Da Previdência Social

A Reforma da Previdência Social tem dado o que falar: desde o governo anterior, havia uma preocupação em relação à previdência, já que se continuar com as diretrizes atuais, nos próximos anos as pessoas não conseguirão mais aposentar e com a expectativa de vida cada vez mais alta, se tornará impossível mantê-la.

Com uma necessidade cada vez maior de uma reforma, qual será o impacto dela na minha e sua vida? Quais as alternativas para aposentar com mais tranquilidade? Quais os tipos de benefícios que poderão ser uma opção para viver uma velhice sem a garantia de uma aposentadoria que pode não vir tão cedo? Saiba mais sobre a Reforma da Previdência agora.

Previdência Social

A previdência nada mais é que a previsão de um futuro, e no caso do Brasil, ela nomeia um benefício do governo federal a todos trabalhadores de carteira assinada, ou que contribuíram durante um determinado tempo para o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Este benefício visa conceder uma aposentadoria, ou seja, um valor mensal correspondente ao tempo de contribuição e que visa dar o direito a uma velhice mais tranquila financeiramente. O Brasil é um dos poucos países que concede esse benefício e os valores mínimos atuais da aposentadoria é de R$ 1.006,00.

O Que É A Reforma Da Previdência

A Reforma da Previdência já tramita no governo desde os governos passados, pelo menos nos últimos 10 anos, ganhando mais atenção nos últimos 5 anos. A Reforma da Previdência se faz necessária, pois segundo especialistas, se as aposentadorias continuarem a ser concedidas pela atual norma, em pouco mais de 5 anos, não será possível conceder mais nenhum benefício, pois o sistema não terá mais condições de sustentar-se sozinho.

Com o aumento da expectativa de vida, do salário mínimo, de benefícios como pensões e da corrupção no setor previdenciário. Além disso, é uma tendência mundial, já que as pessoas estão vivendo mais e com melhor qualidade de vida, se fazendo necessário que o tempo de contribuição e idade sejam mais longos para acompanhar essa tendência.

Quais As Mudanças Que A Reforma Da Previdência Estabelece?

Atualmente, mulheres se aposentam com 60 anos e homens com 65, com no mínimo de tempo de contribuição de 15 anos. Segundo a nova regra, mulheres deverão se aposentar apenas com 62 e homens continuam com 65, porém o tempo de contribuição sobe para 20 anos.

Atualmente, uma pessoa que contribuiu 20 anos e tem 65 anos de idade, com uma média salarial na 2.200 reais, receberá até 90% disso nos cálculos do INSS, se aposentando relativamente bem. Mas na nova regra, essa mesma situação faria o trabalhador perder mais de 800 reais, ou seja, 60% a menos em seus ganhos.

Caso um trabalhador hoje queira receber 100% do que ganha atualmente, teria que trabalhar no mínimo o dobro do tempo, ou seja, 40 anos. Quanto mais a pessoa ganha, mais perderá na aposentadoria final quando precisar. Na análise, apenas pessoas que sempre tiveram salários baixos e contribuíram com o mínimo não sentirão grandes Efeitos.

Quem Já Está Aposentado Será Afetado Pelas Novas Regras?

Não, quem já está aposentado ou já deu entrada em sua aposentadoria não sofrerá qualquer mudança, seguindo as atuais regras de quando aderiu ao benefício. Apenas quem completar os requisitos mínimos da nova regra quando a reforma valer é que não será beneficiado pelo sistema ainda em vigor.

Aprenda Mais Sobre A Reforma Da Previdência!

A esperança é que a reforma da previdência, que até o momento ainda não foi votada, seja revista e que deixe tudo o mais acessível, simples e que ofereça o menor prejuízo possível a todos. Para entender melhor como funciona essas novas regras, curso online de Carteira de Trabalho e Previdência Social ajudará profissionais do ramo e pessoas que queiram ter uma aposentadoria mais tranquila e saber como se preparar para ela.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *