Faculdade de jogos digitais: saiba tudo sobre o curso e o mercado

faculdade de jogos digitais

Qual gamer nunca sonhou em fazer faculdade de jogos digitais? Em princípio, praticamente todos, não é? Mas você sabe o que se estuda nesse curso? Do mesmo modo, o que faz um profissional depois de formado? Vamos te contar tudo agora.

Mas, por mais que não seja só diversão, a carreira de jogos digitais está em expansão. Desse modo, é uma boa oportunidade de mercado de trabalho. Então, se você se identifica com o curso, talvez valha a pena investir nele.

E não esqueça que da faculdade de jogos digitais Estácio, onde você tem várias opções de bolsas de estudo. Confira!

O que são jogos digitais

Primeiramente, jogos digitais nada mais são que jogos eletrônicos. São jogos que podem ser executados tanto em computadores, quanto em consoles de jogos ou dispositivos móveis.

Eles funcionam como outros jogos mas possuem hardware e software como componentes essenciais.

Para trabalhar na área, vale a pena fazer uma faculdade de jogos digitais. Mas é fundamental que o estudante seja, antes de mais nada, um jogador. Dessa maneira, o desenvolvedor estará inserido no mundo de games, saberá quais histórias, desenhos e jogabilidades atenderão às expectativas do público.

Como é a faculdade de Jogos Digitais

É uma graduação, que pode ser não apenas bacharelado como também um curso de tecnologia. Esse segundo, com duração de cerca de dois anos e meio, totalmente voltado para o mercado de trabalho. Pode ser cursado tanto presencialmente quanto à distância.

Algumas disciplinas que são oferecidas pela faculdade de jogos digitais:

  • Arquitetura de computadores;
  • Banco de Dados;
  • Cenários, roteiros e personagens;
  • Desenho de ilustração e rendering;
  • Desenho e formatação de negócios digitais;
  • Desenvolvimento de jogos;
  • Desenvolvimento Web em: HTML, CSS, Javascript e PHP;
  • Design de jogos;
  • Design, emoção e comportamento;
  • Direito Cibernético;
  • Engenharia de Software;
  • Estética da imagem;
  • Experiências midiáticas sonoras;
  • Fundamentos de jogos;
  • Fundamentos de redes de computadores;
  • Gerência de projetos em Tecnologia da Informação;
  • Inteligência artificial;
  • Internet das coisas;
  • Introdução à computação e ao pensamento computacional;
  • Introdução à segurança da informação;
  • Manipulação de imagens digitais;
  • Marketing, convergência e conexão;
  • Mercado cultural, formatos de captação e parcerias;
  • Modelagem 3D;
  • Narrativas e Multimeios;
  • Paradigmas de linguagens de programação em Python;
  • Planejamento de carreira e sucesso profissional;
  • Planejamento de mídia e redes sociais;
  • Programação e animação;
  • Programação para dispositivos móveis em Android;
  • Tópicos em Libras: surdez e inclusão.

O que faz um profissional que fez faculdade de Jogos Digitais

O profissional que faz faculdade de jogos digitais pode trabalhar, primeiramente, em empresas de desenvolvimentos de jogos. Nessas empresas, podem desempenhar diversas funções, como elaborar roteiro dos jogos, projeto gráfico, programação, produção multimídia, assim como, criação de personagens.

Pode atuar em agências de publicidade, principalmente em setores que exijam criatividade. Trabalha em conjunto com equipes de marketing, atendimento e criação.

Na indústria cinematográfica também tem espaço para profissionais dessa área, já que inúmeros roteiros são convertidos em games.

Desenvolvimento de aplicativos para celular ou demais programas que utilizam o conceito de gamificação, bem como simulação, também são opções para quem faz faculdade de jogos digitais.

Uma outra de possibilidade de atuação de desenvolvedores de jogos, são jogos pedagógicos, voltados para o setor educacional como forma de aprendizado.

Ainda, pode atuar como autônomo, montando sua própria desenvolvedora. Além de atuar em canais de comunicação via web, produtoras de websites e veículos de comunicação.

Mercado de trabalho

O mercado de jogos cresceu no Brasil entre os anos de 2013 a 2018, segundo pesquisa realizada pela empresa Homo Ludens.

O número de estúdios desenvolvedores de jogos também cresceu. Foi de 142 para 375 no mesmo período, isso segundo dados do 2° Censo da Indústria Brasileira de Jogos Digitais. É um crescimento de 182% em relação ao primeiro censo, de 2014.

Houve crescimento de 107% no número de empresas formalizadas nesse mesmo período. Sendo Rio e São Paulo os centros desenvolvedores (42,4% do total). A região Sudeste é a que concentra a maior quantidade de empresas do setor de games digitais (52,9%).

Além disso, o mercado de games no Brasil deve crescer em torno de 5,3% até 2022. Isso, de acordo com a 19ª Pesquisa Global de Entretenimento e Mídia, da PricewaterhouseCoopers (PwC). Essa pesquisa também conta com os jogos para celulares, tablets e notebooks. 

Em 2018, o faturamento do setor de jogos atingiu US$ 1,5 bilhão no país. Esse valor fez com que o Brasil se mantivesse na posição de líder latino-americano e 13º na classificação global.

O que isso tudo quer dizer? Que o mercado de jogos digitais está crescendo e, além de tudo, rendendo muito dinheiro. E, por conta disso, precisa de profissionais qualificados que só uma faculdade de jogos digitais pode proporcionar.

Inclusive, o Brasil já exporta jogos digitais para demais países. Dessa maneira, o mercado acaba valorizando ainda mais os profissionais capacitados para a execução dessas atividades.

E aí? Ficou animado para fazer a faculdade de jogos digitais? Não perca tempo e matricule-se agora! Depois conta pra gente o que você está achando.

Leave a Reply

Your email address will not be published.